Seja bem vindo !
CULTS E RARIDADES MUSICAIS
UM SITE DIRECIONADO A QUEM PROCURA DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE MÚSICAS E LANÇAMENTOS EM CD DE GRUPOS E/OU INTÉRPRETES CONSIDERADOS "CULTS" OU ELITISTAS E DE ALTÍSSIMA QUALIDADE, EM TODAS AS ÁREAS DA MÚSICA POPULAR: ROCK ALTERNATIVO(INDIE), INDIE LO-FI, JAZZ, BOSSA NOVA, MÚSICA ELETRÔNICA, R&B, WORLD MUSIC, ETC...
Tradutor do Google
CURTA nossa página no Facebook

TOP 10

     " Clique abaixo na música
      escolhida para escutá-la "

DISCOS DO MÊS

SHOWS

ALTA FIDELIDADE

TELEGRÁFICAS URGENTES

HALL OF FAME

ARTES E CINEMA

BIOGRAFIAS

FILOSOFIA, POLÍTICA, SAÚDE & OUTRAS CIÊNCIAS

POESIAS PESSOAIS

OUTRAS RESENHAS

NEW AGE

FILOSOFIA, POLÍTICA, SAÚDE & OUTRAS CIÊNCIAS
13/07/2016

As muitas vírgulas e alguns pontos e vírgulas dos relacionamentos


As muitas vírgulas e alguns pontos e vírgulas dos relacionamentos

 

 

 

 

 

 

 

 

As ideias que nos impedem de colocar um ponto final em um relacionamento são, na verdade, muitas vírgulas e algum ponto e vírgula que longe de salvar o relacionamento, alongam o sofrimento desnecessário que aumenta a vulnerabilidade da própria autoestima. 

 


Por isso, é importante considerar estes conceitos:

 

 

 

 

 

 

• Evite o autoengano, as coisas nem sempre serão como você deseja. Pense nisso: talvez você tenha perdoado mais do que o necessário até esquecer onde estavam os seus limites, ou você já usou muitas vezes o “vamos tentar novamente”, sem ver nenhum resultado diferente.

 

• A outra pessoa não vai mudar por você. Na verdade as pessoas não mudam; é muito provável que não fossem como você pensava a princípio, e isso é uma coisa que você precisa considerar. Ninguém muda a sua forma de ser da noite para o dia, por mais que o desejemos.

 

• Sofrer por amor não é um gesto heroico ou romântico, é uma forma de autodestruição. Se fizeram você acreditar que ter um companheiro é ter que sofrer e estabelecer uma luta contínua, você foi enganado. Ser um casal é saber construir e amar sem que o sofrimento seja algo mais que circunstancial.

 

• Não tenha medo da solidão. Segundo uma pesquisa realizada pela Universidade Brigham Young de Utah (Estados Unidos), um dos principais temores da população é “estar sozinho”. Para muitos, é preferível estar mal acompanhados do que sozinhos. Nunca caia nessa ideia.

 

Ame-se o suficiente para saber quando ir embora, sempre será preferível a própria solidão do que uma presença que veta a própria felicidade e o equilíbrio interior. Amar não é dar tudo em troca de nada, é se enxergar como merecedor de reconhecimento e respeito. Permitir ser amado e amar são uma arte, é a destreza de cultivar um carinho real.

 

Texto   que  reproduzo  de  um  "post"  feito  por  Adílson  Maestri em rede  social 

 

 

http://www.psicologiasdobrasil.com.br







56 post(s) encontrado(s)

[1] [2] [3] [Próxima]


REDE SOCIAL


CURTA nossa página no Facebook    

NAVEGAÇÃO

CONTATO

 

PAULO MONTEIRO

(11) 98664-8381

(48) 9629-4000

cultseraridades@gmail.com