Seja bem vindo !
CULTS E RARIDADES MUSICAIS
UM SITE DIRECIONADO A QUEM PROCURA DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE MÚSICAS E LANÇAMENTOS EM CD DE GRUPOS E/OU INTÉRPRETES CONSIDERADOS "CULTS" OU ELITISTAS E DE ALTÍSSIMA QUALIDADE, EM TODAS AS ÁREAS DA MÚSICA POPULAR: ROCK ALTERNATIVO(INDIE), INDIE LO-FI, JAZZ, BOSSA NOVA, MÚSICA ELETRÔNICA, R&B, WORLD MUSIC, ETC...
Tradutor do Google
CURTA nossa página no Facebook

TOP 10

     " Clique abaixo na música
      escolhida para escutá-la "

DISCOS DO MÊS

SHOWS

ALTA FIDELIDADE

TELEGRÁFICAS URGENTES

HALL OF FAME

ARTES E CINEMA

BIOGRAFIAS

FILOSOFIA, POLÍTICA, SAÚDE & OUTRAS CIÊNCIAS

POESIAS PESSOAIS

OUTRAS RESENHAS

NEW AGE

TELEGRÁFICAS URGENTES
21/02/2017

(A Relatividade da Moral Parte II)

ABERRAÇÕES INVISÍVEIS


ABERRAÇÕES INVISÍVEIS

 

 

 

 

 

 

 

 

Em retrospecto, salta aos olhos. Recuemos um pouco no tempo. Ainda nas gerações de nossos avós, bisavós, e tataravós, coisas que julgamos eticamente aberrantes foram praticadas de modo corriqueiro, ao abrigo da Lei, nas mais avançadas nações do mundo ocidental: a escravidão nas relações de trabalho; a punição corporal de alunos nas escolas; o duelo nas questões de honra; a interdição do voto feminino; a prisão ou castração química dos homossexuais; a segregação racial; a cauterização do clitóris como “cura” da masturbação em meninas (vigente nos Estados Unidos até meados do século XX); a criminalização do consumo de álcool (Lei Seca) e do sexo oral (como no estado americano da Geórgia até 1993, inclusive entre casais casados, com pena máxima de vinte anos de reclusão).

 

 

Resultado de imagem para aberrações invisíveis

 

 

 

 

Inverta-se, contudo o exercício: transportemo-nos mentalmente no tempo para daqui a cem ou duzentos anos e examinemos, em olhar reverso, a nós mesmos. O que saltará aos olhos das gerações dos nossos netos, bisnetos e tataranetos como singularmente aberrante em nossas práticas e costumes? Ou teremos, quem sabe, alcançado um padrão ético quase irrepreensível, algo como um inédito ápice civilizatório, como também imaginaram em sua época nossos ancestrais, que nada viam de errado no que faziam, ou, incomodados, preferiam desviar o olhar?

 

 

 

(Eduardo  Giannetti  em  "Trópicos  Utópicos")

 

 

 

Resultado de imagem para aberrações invisíveis







106 telegráfica(s) encontrada(s)

[1] [2] [3] [4] [5] [6] [Próxima]


REDE SOCIAL


CURTA nossa página no Facebook    

NAVEGAÇÃO

CONTATO

 

PAULO MONTEIRO

(11) 98664-8381

(48) 9629-4000

cultseraridades@gmail.com